Entre Garoutas!

Boaaa noite Garouutas!!!

Hoje como o prometido, o assunto vai ser: SEPARAÇÃO!

Final de namoro é uma droga mesmo e segundo a revista Gloss de fevereiro de 2009, a dor do fim de um relacionamento pode ser tão devastadora quanto o da perda de uma pessoa querida. É como se fosse um tipo de luto que apresenta as seguintes etapas: negação, barganha, raiva, depressão e aceitação.  

O problema da separação não está só na tristeza pela perda. Mas também na dificuldade de aceitar a situação real. Nosso coração tende a acreditar que essa situação é passageira, principalmente quando é o parceiro (a) quem termina o namoro. E mesmo que num primeiro momento você se livre de todas as coisas, tente apagar todas as lembranças, você continua se sentindo apaixonada (a) e disposta a reatar a qualquer momento.

Segundo a revista Gloss desse mês de julho, mulheres e homens reagem de formas diferentes diante de um fora: eles (teoricamente) não se deixam atingir tanto quanto são deixados, elas (teoricamente) já levam mais pro lado pessoal com a típica dúvida: “o que eu fiz de errado?” tendendo a sofrer bem mais.

O final do namoro então, acaba virando ou uma obsessão do tipo “correr atrás e mostrar como sou maravilhosa (o)” ou acaba virando uma enrolação do tipo “a gente não namora mais, só que ele (a) me ama tanto que a gente fica de vez em quando”. Nenhuma das duas situações é a correta. O que torna difícil o ato de se separar do companheiro (a) é que, segundo uma pesquisa da Universidade de Iowa (USA), mesmo depois do fim do relacionamento o nosso corpo continua a ter as mesmas reações físicas (do inicio do namoro) só de lembrar ou rever o ex. Isso acontece porque parte do nosso cérebro registra as sensações que o ser amado nos causou quando nos apaixonamos por ele e assim, toda vez que ele vem a nossa mente essas sensações são repetidas, o que dificulta todo o processo de se separação.

Qualquer final de relacionamento é trágico, e todo mundo sabe que é difícil escutar o conselho dos amigos quando você vê o ser amado indo embora, é natural ter momentos de tristeza, mas não se culpe. Chorar é a melhor maneira de “limpar” a alma, colocar para fora tudo que lhe incomoda, deixando você mais forte a cada dia que passa. Mesmo assim, o Coisas de Garoutas vai listar 5 dicas pra você (tentar) superar (de uma vez) o final do relacionamento (a verdade verdadeira dos fatos: Se ele (a) te deu um pé na bunda é porque não te merece, pode parecer idiotice mas acredite em mim, mais cedo ou mais tarde você vai descobrir que era verdade).

1-  Se acaba é porque Termina

O seu relacionamento, apesar de promissor, deixou de ser a coisa certa para um de vocês, ou para os dois. Acabou, de fato, agüente firme e vá para a próxima etapa.

2 – Fofoque para todo mundo

Quanto mais você se ouvir dizendo que está solteira (o), que não estava dando mais certo, que está se sentido aliviada (o), mais rápido vai sair do desespero. É engraçado, mas na fase de pós-separação você acaba se tornando o centro das atenções.

3 – Não desperdice energia

Todo mundo sabe que sentir raiva é ruim. Mas, neste momento tão peculiar da sua vida, ela tem sua utilidade. Joga para a frente, sabe como? Em vez de jogar aquele vaso de design assinado na parede, aproveite para cair na malhação.

4 – Reprograme seu cérebro

Para não ficar associando a imagem do ex a coisas boas, é preciso que você associe a imagem dele com novas sensações. Por isso, pense nas coisas ruins que ele fez a você, para ficar com mais raiva dele, assim, você começa um processo de desapego o que contribuiu para dar a volta por cima.

5 – Decrete a abstinência de reencontros

O passo mais importante. Argumento simples: Você não voltaria todos os dias para um emprego do qual tivesse sido demitida só para se sentir incompetente, voltaria? O que você, afi nal, tem a ver com o fato de ele (a) querer continuar sendo amigo? Ele (a)  que arrume outras amizades em salas de bate-papo, em balcões de bar ou lá no inferno.

Quer mais dicas:

Mulheres adoooram livros de auto-ajuda, e alguns meninos deveriam ler também sabia?

Quer dar umas boas risadas depois da separação? Então leia: Quando Termina é Porque Acabou de Greg Behtendt & Amiira Ruotola-Behrendt.

 Super bom, pode não valer como auto-ajuda, pra quem não acredita, mas rende boas risadas, pode apostar!

Beeeijoooo!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s